06 setembro 2010

Vida

Ceropegia pettignati.ex.Ernesto Díaz (gift).Cheste 2010.*

Vibrantes e cheios de luz tem sido estes enormes e recentes dias. Surpreende-me o Universo, que finalmente me deixou perceber que consigo ser o que sempre quis, pedra, riacho, árvore ou melodia. Já entendo melhor a matéria e não existe nada mais tranquilizante e gratificante do que isso.




*Ceropegia pettignati
Fotografia e Planta de: Fernando Jose Fernandez Hingking

9 comentários:

António Rosa disse...

Olá Ezequiel

A foto desta planta tão humana é mesmo demais. O texto é lindíssimo.

Grande abraço.

Ezequiel Coelho disse...

Parece uma planta de "agradecimento permanente".

http://www.flickr.com/search/?w=all&q=Ceropegia+pettignati&m=text

Até a flor é linda!
http://www.flickr.com/photos/28348452@N03/2647363328/

Abraço!

António Rosa disse...

Ezequiel

Fui aos links ver as fotos. A flor é lindíssima e adorei conhecer os sítios.

Às vezes não sei que ilustrações usar e assim já tenho essa fonte, mencionando os respectivos créditos.

De facto, a planta parece estar de braços abertos e ao Alto, em agradecimento por existir.

Grande abraço.

lampejo disse...

O universo é realmente surpreendente...

Abraço!

Zoninho disse...

olha que bom! boa continuação, sim!

abraços

Astrid Annabelle disse...

Ezequiel!
Considerei como um instante mágico!
Parabéns!
Um abraço.
Astrid Annabelle

Ezequiel Coelho disse...

S,
basta estar atento! :)
abraço

Ezequiel Coelho disse...

Z,
é isso que tenciono fazer!
Abraço! :)

Ezequiel Coelho disse...

Astrid,
cada fracção de segundo é única e merecedora da nossa atenção! Por vezes não merecemos tanta maravilha à nossa volta, pela forma que a desprezamos.
Abraço.